sábado, junho 7

Classy Blue


Já com os exames aí à porta, não há nada melhor do que desfrutar de um passeio familiar, para descontrair.
Hoje num novo outfit, dei liberdade ao meu bazer azulão. Desde que o comprei nos saldos de inverno, continuou fechado no armário, à espera de uma estação mais fresca para ser utilizado. 
É tão leve e fresco, que num dia de sol ameno, não se dá pela sua presença.
Acho que nunca tinha colocado no blogue nenhum post com o cabelo apanhado. Espero que tenham gostado! 


quinta-feira, junho 5

Prom Princess





Infelizmente, já posso dar como terminada toda a euforia e ansia pelo tão temido Baile de Finalistas. 
Deu-se tudo tão, mas tão rápido que num piscar de olhos passou do futuro misterioso para o passado maravilhoso.
Querem saber como tudo começou, como correu e como acabou? Então vamos lá...
As últimas semanas antes do dia D, eram repletos de testes e trabalhos importantes, não podia falhar a nenhum, então comecei por organizar o meu tempo, consiliando o tempo  de estudo com o tempo livre necessário para realizar as compras.  Admito, não foi tarefa fácil, no entanto, consegui!
O quanto eu me massacrei com perguntas "Levo comprido ou curto?", " Qual é a cor que vou escolher?". Não obtendo qualquer decisão, fui à procura de alguma ideia surpreendente em sites, mas nem isso me ajudou, decidi assim não fazer escolhas e procurar nas lojas locais.
As minhas cores de eleição começaram a ser o preto e o branco, contudo as opiniões das minhas amigas eram muito contra estas cores, "ah, preto não, morre muito" "branco? vais parecer uma noiva",  e na minha cabeça só persistia uma pergunta, "o que faço eu agora?"  
O tempo começou a apertar,  faltavam menos de duas semanas, e não encontrava nada que me fascinasse, comprar em lojas online estava completamente fora de questão, até que...  ENCONTREI-O! Já só me faltavam os acessórios e o penteado, foi a tarefa mais fácil.
Optei sempre por comprar tudo o mais simples possível, pois sendo adepta do "quanto mais simples mais bonito" encaixou tudo na perfeição.
Estava tudo pronto. As compras feitas, a maquilhagem testada e o penteado escolhido, só faltava chegar o dia.
Chegou o momento! O meu dia foi uma correria tremenda. Tive aulas de manhã, tinha amigas para ajudar a arranjar, tinha o cabeleireiro marcado... e o tempo parecia-me cada vez mais escasso. 
Finalmente prontas, fomos em busca do nosso baile fantástico.
Não poderia ter tido melhor experiência que esta, tive a melhor noite se sempre!
Adorei as surpresas, palavras e atitudes que o meu namorado teve para comigo, adorei os momentos de partilha e de cumplicidade entre todos os meus companheiros do secundário, o reencontro e o matar das saudades dos velhos amigos, a troca de palavras maravilhosas, os sorrisos, as brincadeiras... Todas as minhas espectativas foram ultrapassadas e fui completamente surpreendia. 
O Baile de Finalistas, habitualmente é realizado com o objetivo de despedida dos amigos, pois no final do ano, seguirmos todos caminhos diferentes, no entanto, vendo desse lado que nos trás tristeza, obti a melhor sensação de sempre que me garantiu o reencontro futuro de todos.
Já num momento de diversão, de muita dança com todos os finalistas presentes, já nada de melhor poderia ocorrer se não as piadas e risos ao longo da noite. Estava enganada! Quando menos esperei, a música parou. Chegou o momento que todas as princesas bem trajadas sonhavam e receavam... A ESCOLHA DA RAINHA E DO REI DO BAILE.
Começaram por existir gritos estéricos, para ser sentida a presença da multidão inquieta,  eu econtrava-me normal a falar com amigas, à espera de saber quem eram as vedetas da noite.
Surpreendentemente oiço o nome do meu príncipe. Incredula e eufórica com o sucedido, comecei a sentir mãos por todas as minhas costas, a empurrarem-me em direção a ele. Eu dava resistência, mas a força contrária era cada vez maior, e só ouvia "agora vais ser tua a próxima". Nunca acreditei, pois para mim isso só acontecia nos filmes, e apesar de gostar de ser a eleita, como todas as presentes, tudo era impossível na minha cabeça.   Até que... ao fechar os olhos ouvi o meu nome, e sem mais forças, fui dirigida por cada vez mais pessoas até ao prémio, que eu nunca pensei receber.
Como me senti? Sem reação! Não sabia o que fazer, e apesar de para muita gente ser algo normal, eu sempre vivi muito no mundo do fantástico, repleto de princesas e de " e foram felizes para sempre!" e não estava a acreditar que aquilo me estava a acontecer.
A melhor sensação, até nem foi receber a faixa, foi depois disso. O carinho todo que recebi dos meus amigos, transcendeu completamente as minhas espetativas, as frases e os abraços que me deram, capazes de orgulhar qualquer um, deixou-me sem palavras.
Já são horas de voltar para casa... e para quem de lá saiu toda bem vestida, penteada, maquilhada e de saltos altos, não parecia a mesma quanto entrei a porta,  pois apesar de ter a coroa e a faixa, cheguei descança, toda esborratada, despenteada e com o vestido sujo, mas que belo exemplo de rainha não acham? (risos e risos)
Nesta noite fomos todos reis e rainhas, a usufruir de uma NOITE MÁGICA que mudou completamente as nossas vidas.
Para quem nos próximos anos for finalista, aconselho-vos vivamente a participarem no baile, VAI SER A MELHOR NOITE DAS VOSSAS VIDAS!
E só de lembrar o brilho do olhar da minha mãe, quando saí de casa, fez logo toda a diferença.
Espero que nos bailes futuros se divirtam tanto quanto eu!
P.S.: As fotos estão dispostas por ordem de acontecimentos. Gostaram do meu conjunto?